terça-feira, 9 de dezembro de 2008

6:27 da manhã.


Impossível dormir. Impossível deitar a cabeça no travesseiro e sonhar quando a minha mente não consegue desligar-se de você. Quando meu peito aperta de leve ao lembrar-se das suas mãos nas minhas. E eu fico deitada na cama, olhando para o teto, lembrando você. Recordando seus trejeitos, suas manias. Contando dias. E é impossível descansar quando tudo o que consigo fazer é rabiscar numa folha o formato do seu olho, os traços da sua boca.

Dessa vez passei a noite toda em claro. Sonhando acordada. Criando diálogos que poderia ter com você se tivesse coragem de lhe dizer tudo o que quero. Se tivesse a coragem de te mostrar o que eu quero. Fiquei rindo sozinha pensando nas suas possíveis respostas e reações diante minhas loucuras, e torcendo para que você seja realmente assim como eu imagino, um cara que sabe apreciar insanidades.

Fiquei repassando mentalmente todos os detalhes de todas as vezes que te vi. Desde as músicas que tocavam até as cores das suas camisas. E confesso que colei no último item, revendo fotos guardadas no computador. Comecei a recitar músicas que tivessem a ver com a nossa história, mas não encontrei nenhuma. E aí me perguntei: mas qual é a nossa história? E eu percebi que não sei ainda.

Eu não sei como descrever nem expressar exatamente nada disso. Então foi ainda mais impossível dormir, pois precisei ao menos escrever alguma coisa que fosse remotamente perto disso que eu não sei o que é. E eu terminei ainda mais desperta de quando me deitei na cama horas antes.

E o dia amanheceu e eu continuo sem sono. É impossível dormir. É impossível fechar os olhos quando o que eu quero mesmo é manter-los bem abertos pra enxergar todos os movimentos de desabrochar disso tudo que eu não sei o que é.

5 comentários:

Cássia disse...

Eu sei o que é. Será que sei? Na verdade eu acho que sei. E eu tenho que achar mesmo, pois nao sinto o que é. Eu acho que é o amor... hehehehe, pronto..falei! :D

Lu disse...

simplesmente ADOREI o texto! :D de verdade..

Fern disse...

Homem não tem muito disso... rsrsrs
só quando voce ama muito a pessoa, quando o amor é verdadeiro mesmo, tenho amigos que já sofreram disso também...

___
http://pendriveblog.wordpress.com

LETÍCIA CASTRO disse...

Huuum, é paixão e enquanto o princípio estiver agindo no seu cérebro, vc vai continuar assim, amiga. rs
Mas não é gostoso? Fala a verdade...
Beijos!

Jamila disse...

ai que amooor!!!
te amo amiga
=D