segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Ch-ch-ch-ch-changes


Saí de casa faz uns cinco meses. Por aí. Deixei a casa dos pais, deixei a cidade natal. Fui morar com o namorado, moderna que eu sou. Primeiro fui pra Porto Alegre, capital maluca. Lá eu trabalhei, conheci pessoas legais e pessoas babacas, renovei amizade e desfiz algumas. Mas Porto Alegre foi meu lar por míseros 2 meses. Daí eu me mudei de novo, cigana que eu sou também. Fomos eu e o namorado pra Lajeado, interior do estado. Cidade pequena. Pequena mesmo. Bem pequena. Tá, vocês entenderam. É pequena pra caramba! Mas eu gosto. Eu que falava tão mal de Pelotinhas, que morava no fim do mundo. Vim pra um lugar menor ainda. Enfim. It’s life. Mas aqui é legal, tem shopping (eu sempre digo isso). Só não tem Renner nem C&A (eu sempre reclamo disso).

Anyway, minha vida deu umas duas ou três – ou até quatro – reviravoltas em menos de um ano. Tudo parecia tão empacado, de repente minha vida colocou uma 5ª e se fooooooooooi. Muito rápido. De namoro pra morar junto em pouco tempo. De preguiçosa pra moça que trabalha sem parar em pouco tempo. De preguiçosa ao quadrado por moça que faz faxina na casa e criou tara por produtos de limpeza em pouco tempo. De eu, só eu, por eu com um zigotinho na minha barriga. Tudo em muito pouco tempo. Alguns devem me chamar de louca por aí, devem se apavorar. Mas ó, to muito feliz, e é o que importa. Tenho o cara que mais amo nesse mundo do meu lado, tenho um emprego bom, tenho um lar só meu, uma cachorra que faz festa quando eu chego, e um baby crescendo dentro de mim. Pra mim ta ótimo.

Sabe do que mais eu sinto falta? Das amigas. Das junções e das eternas risadas. Das bobagens que a gente ia dizendo, de como eu chevaga a chorar de tanto rir. De como a gente falava mal dos outros e de como, quase sempre, tudo terminava em várias fotos bizarras. Ah, como eu sinto falta da minha Trupe! Ainda mais nessa hora, sinto tanta tanta falta de compartilhar coisas. A gente ainda compartilha, mas com um pouco mais de demora! O único recurso é a internet, e falta tempo. Minhas idas pra Pelotinhas são rápidas demais.

Sinto falta da família, da mãe, da irmã, da sobrinha, do pai. Sinto falta da casa cheia e eu reclamando que eles não calam a boca. Sinto falta de me trancar no quarto e escutar música a toda altura. Agora, raramente tenho esses momentos. Quando chego em casa tenho coisas pra fazer ou, às vezes, to simplesmente muito cansada pra fazer qualquer coisa.

Sinto muita falta. E sinto por estar tão longe de todo mundo nessa fase da minha vida. Quem sabe um dia a gente não volte pra perto das pessoas que a gente ama, vai saber. Por enquanto, nossa vida é aqui. Nós quatro (eu, ele, a pet e o baby). Trabalhando, construindo alicerces ainda, fazendo pé de meia.


Se a vida me levou pra dois lugares em menos de 5 meses, e mudou radicalmente, sabe lá Deus o que mais me aguarda por aí.

4 comentários:

Malabarista de Palavras disse...

Feliz demais pela sua volta(blog).
Feliz demais pela sua felicidade.
E isso aqui vai te ajudar muito nesses momentos de saudades.
Beijo pra vocês e especial pro "feijãozinho"!

Andrezza disse...

ansiosa e feliz por você, amica =~

Pri Bartell disse...

aiii que lindo!
Chorei pra variar... ehehehehe
Também sinto muito tua falta, das nossas idas ao cinema, das fotos e vídeos que a gente fazia nas junções da trupe, das reuniões do quinteto, e tudo mais... Mas fico feliz sabendo que vocês quatro estão bem, isso é o que importa.
Felicidades pra vcs sempre!
Te amo muito, amiga!
Beijossss

Tati disse...

Ô amiga mais do que amada desse meu coração!!!

Tu fez sairem lagriminhas dos meu olhos :(

Saudade saudade e mais saudade!!!

Tu faz muuuuuuita falta aqui! Mas eu to mais do que feliz por te ver tão feliz!

A Trupe te ama gigaaaaante, tu sabe disso. A gente te deseja essa felicidade pra sempre!!!
Saiba que sempre vamos estar aqui com as mesmas doideras, com o mesmo carinho, esperando ansiosas pra te dar um abração de urso, sentar na frente da tv e ver filme de terror com quentão e adoçante :D

E.... quem será a próxima a dar reviravoltas na vida? To achando que não sou eu, não...

Milhões de beijokas pra essa family lindaaa!!!!
Hasta luego!!!