terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Uma carta para minha filha




Não vejo a hora de te conhecer. De estudar o teu rosto, as tuas mãos. De saber qual é a cor dos teus olhos. Não vejo a hora de te ter ao meu lado, todos os dias, e escutar o som da tua respiração. Te ver ensaiar movimentos e gestos, nos imitando instintivamente. Não vejo a hora de conhecer o teu sorriso.

Eu vivo aguardando o momento que vamos ser apresentadas uma a outra. O dia em que tu entrares na minha vida definitivamente. Eu fico esperando e me preparando pra te receber. Pensando nas milhares de coisas que eu posso fazer pra te deixar confortável e feliz. Eu aguardo com amor, tanto amor, que eu já sinto por ti. E eu sonho contigo, e tudo o que eu faço, desde que descobri que você viria, é cuidadosamente pensado. Pensado em você.

Não vejo a hora de mostrar que sou merecedora de ti. De te cuidar como precisas. De te ajudar a crescer alegre e inteligente. Quero ser não apenas tua mãe, mas tua amiga, tua parceira. Você já é, pra mim, minha mais nova fiel escudeira. Minha mina de ouro. Um presente que eu nunca esperei ganhar da vida, mas ganhei.

Antes que eu comece a chorar feito uma pateta, só queria deixar registrado que eu estou te esperando com a maior felicidade do mundo. Pronta pra te ver nascer, crescer e se desenvolver como ser humano. Te ver ser criança, menina, e um dia mulher. Nunca se esqueça de ter caráter e juízo. Ser uma mulher interessante é muito mais do que maquiagem na cara. É sabedoria e bondade.

E eu vou estar lá, em todos os momentos da tua vida, pois eu sei que minha vida será eternamente ligada a tua daqui em diante. Tu és o meu pedacinho de céu estrelado, da noite de lua cheia mais linda e brilhante que já se viu. E ao mesmo tempo tu és o meu sol em um céu limpo e azul. Tu és o meu bebê. Minha filha, minha fortuna.
Te amo,
Mamãe.

5 comentários:

Jamila disse...

Que lindo.. Quando ela aprender a ler, mostra a cartinha.. ela vai amar, eu tenho certeza!!!!

Beijocas, mãe! Amo-te!

Taciana Colombo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Taciana Colombo disse...

Denise! O teu twitter me trouxe até aqui. Gostei tanto do Bom Dia Neurose, que rolei esse blog até achar o fim. É típico dizer algo do tipo "me identifiquei"? Certo, típico.
O que quero dizer é que senti uma felicidade borbulhante ao ler teus últimos posts sobre o momento mamãe. As tuas palavras cumprem o papel de espelhar uma sensação feminina universal. E nem ao menos sou mãe para saber! Porém sinto, através da tua descrição, essa sentimento sublime.
Estranho comentar aqui, já que não trocamos nem ao menos meia palavra ao vivo! O fato é que estou admirada com teus textos e por isso me junto aos teus amigos para te seguir! Beijo e boas energias, sempre!

Lu disse...

Ai, que coisa mais linda!!!! Sem palavras.. o que tu deve ta sentindo! Pensando! Imaginando! Sonhando! Enfim.. logo ela estara nos teu colo! E tu vai curtir cada momento que tu ta esperando com ela! Dando todo o amor do mundo, que uma mae pode dar a um filho!

E vai curtindo mto essa fase de expectativas! :) Bjinho nas duas!

tati disse...

Que declaração de amor mais linda!!!
Me emocionei muito!!!
Esse baby foi abençoado com essa mamãe!!